21 de jan de 2014

Postagem pra matar a fome,,

Definição da midwife/parteira certificada (Confederacao Internacional da Parteira. International Confederation of the Midwife).
A midwife/parteira certificada é reconhecida como uma profissional responsável e que trabalha em parceria com as mulheres para dar o apoio necessário, cuidado e conselho durante a gravidez, parto e pós-parto, para conduzir o parto e o nascimento do bebe, e para cuidar do recém-nascido ate um mês de vida.
Esses cuidados incluem a promoção a saude integral e reprodutiva da mulher, a promoção do parto fisiológico, a detecção das complicações na mãe e do feto durante a gravidez e o parto, encaminhando se for e quando for necessário ao medico.
Ela sabe e providencia medidas de emergência durante o parto se for e quando for necessário.
A Midwife/Parteira tem uma tarefa importante em aconselhar e promover a saúde, não somente para a mulher durante o seu ciclo reprodutivo inteiro, mas também dentro da família e da comunidade. Este trabalho engloba a instrução e a preparação pré natal, para a parentagem.

O que e uma Doula?
Doula é uma palavra grega que define uma mulher experiente que ajude outras mulheres durante o parto. E uma pessoa treinada (geralmente uma mulher) que forneça o apoio físico, emocional e informativo às mulheres e às famílias antes, durante e após o parto.
Uma doula ajuda a mulher grávida e a sua família a preparar e realizar seus desejos para o parto e nascimento do seu bebe. Ela permanece com a mãe durante todo o processo inteiro do trabalho de parto, fornecendo apoio emocional e físico .Ela. Ajuda a seus clientes a compilar a informação necessária para fazer decisões esclarecidas e informadas e a construir o plano de parto.
A doula reconhece o parto como uma experiência de vida decisiva transformativa para a vida da mulher. Seu objetivo e desempenho principal é nutrir e amparar uma mulher durante a sua experiência de parto.
Doula Pós parto
O “quarto trimestre o exo gestação, e, o período que segue o nascimento”. Frequentemente e o período o mais desafiador e o mais negligenciado na transição a maternidade. Muitas famílias novas em nossa sociedade faltam muito apoio para construir essa continuidade do cuidado pós-parto tanto para a mãe que para o bebe.
A doula preenche esta necessidade, educando, nutrindo e empoderando novas mães e famílias em seus novos papéis. Doulas pode fornecer o auxílio com a amamentação cuidado ao recém-nascido, ajuda a mãe aos cuidados, da casa.
A midwife/Parteira tem uma responsabilidade clínica além a seu papel de suporte - isto é. é a responsabilidade da midwife assegurar o bem estar da mãe e do bebê, o que necessita ser feito pra assegurar esse bem estar, como e quando. A doula, mesmo obviamente completamente interessada com esse bem estar maternal fetal/recém nascido, não tem responsabilidades clínicas, por si mesmo. É presente para o apoio emocional e físico.. Naturalmente, esse apoio emocional/físico pode melhorar o bem estar para a mulher e seu bebê. Assim Ambas parteira e doula trabalham junto de uma maneira muito complementar.
Exemplo: uma midwife pode ajudar a uma mãe com as contrações com massagem nas lombares  e avaliar também coração do feto, se assegurando o quarto é preparado para o nascimento.
A doula foca nas necessidades emocionais/físicas da mãe. Ela pode ajudar com algumas tarefas descritas acima de mas não são, finalmente, sua responsabilidade.A midwife e a doula fornecem apoio. Entretanto, o midwife tem as responsabilidades adicionais que incluem mais aspectos “técnicos” de assegurar um parto seguro (exemplos: avaliação fetal intermitente do tom do coração, reparo da laceração, inspeção da placenta).

Regine 



Nenhum comentário:

Postar um comentário